Slider

VÍDEO: Penafiel “veste-se” com as palavras da poetisa Ana Luísa Amaral no Escritaria

Ana Luísa Amaral ficará eternizada na cidade de Penafiel através de uma escultura e de uma frase, elevada Frase Escritaria 2022, cuja cerimónia de descerramento aconteceu hoje com presença de familiares da poetisa homenageada

A edição de 2022 do Escritaria – Festival Literário de Penafiel homenageia a vida e obra da poetisa Ana Luísa Amaral, com atividades que se prolongam até ao próximo domingo, 23 de outubro.

 

 

Pela primeira vez, o Escritaria celebra um autor em português de forma póstuma, o que segundo Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, colocou novos desafios à organização “uma vez que este festival literário gira à volta da vida e obra de um escritor, da sua presença. e do contacto dele com as pessoas”.

 

 

Ana Luísa Amaral ficará eternizada na cidade de Penafiel através de uma escultura e de uma frase, elevada Frase Escritaria 2022, cuja cerimónia de descerramento aconteceu hoje com presença de familiares da poetisa homenageada.

 

Escritaria internacionalizado em 2023

 

Durante esta cerimónia, Antonino de Sousa revelou que em 2023 este Festival Literário, realizado anualmente em Penafiel, terá edições em dois países africanos de língua oficial portuguesa: Angola e Cabo Verde.

Angola será palco de eventos literários no início do próximo ano, que decorrerão em várias províncias tendo como figura das letras o escritor Pepetela.

Depois, em março decorrerá uma edição do Escritaria em Cabo Verde, correspondendo à vontade expressa do Ministro da Cultura daquele país em 2022, aquando do evento literário penafidelense que homenageou Germano Almeida.

Hélder Quintela