Slider

União de Paredes afastado da Taça pelo Oriental dos distritais de Lisboa

Nos penáltis, o Oriental foi mais forte e garantiu o passaporte para a terceira ronda da competição, na qual já entram em ação as equipas da I Liga

O União de Paredes foi protagonista, pela negativa, de uma das surpresas da 2ª eliminatória da Taça de Portugal. A formação da Liga 3 foi afastada, nas grandes penalidades, na casa do Oriental, clube que milita nos distritais de Lisboa.

 

A formação da casa adiantou-se no marcador logo aos cinco minutos, por intermédio de Didi, e conseguiu segurar a vantagem até ao intervalo. No inicio da segunda parte, Pedro Correia restabeleceu a igualdade, resultado que se manteve até final dos noventa minutos e no prolongamento. 

Nos penáltis, o Oriental foi mais forte e garantiu o passaporte para a terceira ronda da competição, na qual já entram em ação as equipas da I Liga. 

Para além do Paredes, também Resende, Vila Caiz e Paivense foram eliminados na 2ª eliminatória da Taça de Portugal. 

Os amarantinos foram derrotados no prolongamento pelo Amora, da Liga 3, por 3-1, após prolongamento. No tempo regulamentar registava-se uma igualdade a uma bola. 

O Resende e a formação de Castelo de Paiva perderam em casa, por 2-1, ante Felgueiras e Tirsense, respetivamente. 

Para a terceira ronda da prova rainha do futebol português seguem Felgueiras e Penafiel. A equipa azul grená ganhou em Resende, por 2-1. Os penafidelenses venceram o Gondomar, por 3-2, no prolongamento, após um empate a dois no tempo regulamentar.