Slider

PSD pede ao Governo nova viatura de emergência médica para o Tâmega e Sousa

O grupo parlamentar do PSD apresentou um requerimento ao Governo a defender a aquisição de uma nova viatura de emergência médica e reanimação (VMER) para a região Tâmega e Sousa, informou hoje fonte social-democrata.

 

No documento dirigido à ministra da Saúde, os sociais-democratas referem “estar em causa a efetiva capacidade de resposta desta viatura às necessidades da população local”.

Os deputados do PSD recordam que aquela VMER “serve uma população maior do que a média nacional”.

De acordo com um comunicado enviado à agência Lusa, em 2021, “esta viatura única foi acionada 2.546 vezes, o que representa uma média diária de seis saídas”.

“Tal atividade tem-se demonstrado insuficiente para servir a área de intervenção do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, que engloba 12 concelhos (Penafiel, Paredes, Castelo de Paiva, Lousada, Felgueiras, Paços de Ferreira, Amarante, Baião, Marco de Canaveses, Celorico de Basto, Cinfães e Resende), cobrindo uma área geográfica que ronda os dois mil quilómetros quadrados, muitas vezes acidentada, e acessos irregulares por estradas nacionais e municipais”, lê-se no requerimento parlamentar.

Segundo o PSD, o ex-diretor do serviço de urgência do Hospital Padre Américo, em Penafiel, e profissional de emergência médica há vários anos, refere que “uma nova VMER é fundamental para salvar vidas”.

Segundo o clínico citado no comunicado social democrata, uma nova VMER “fará a diferença nos concelhos mais distantes, sobretudo numa zona com população jovem e muitas urgências pediátricas e em que há muitos casos de AVC e enfarte, patologias que implicam uma ação rápida”

Os deputados pretendem ainda ouvir na Comissão de Saúde o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), o ex-diretor do serviço de urgência do Hospital Padre Américo e a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa.