Slider

Mulher constituída arguida por exploração de jogo ilegal em Paredes

A GNR de Paredes constituiu arguida, no sábado,  uma mulher de 50 anos por exploração de jogo ilegal, informou hoje a autoridade policial.

 

No âmbito de uma ação de fiscalização, os militares detetaram e apreenderam uma máquina de jogo ilegal que estava em funcionamento num local de fácil acesso ao público, bem como um telemóvel usado exclusivamente para carregar créditos pela proprietária do estabelecimento, explica a autoridade, em comunicado.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Paredes.