Slider

Homem detido por violência doméstica fica com pulseira eletrónica

Um homem de 53 anos, suspeito de agredir a mulher, foi detido na quarta-feira em Penafiel, no distrito do Porto, tendo ficado com pulseira eletrónica, foi hoje descrito pela GNR.

 

Em comunicado, o Comando Territorial do Porto da GNR, descreve que, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel, levou a cabo uma investigação por violência doméstica que resultou na detenção de um homem suspeito de agredir a vítima, sua esposa de 50 anos.

No comunicado, a GNR acrescenta que “no último mês verificou-se uma escalada de violência”.

O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, tendo ficado proibido de permanecer, frequentar ou de se aproximar da habitação da vítima ou do seu local de trabalho, num raio de 1.000 metros.

 

LUSA